Início Aviação Executiva Jatinho da Embraer pode ter batido recorde em voo do Rio à...

Jatinho da Embraer pode ter batido recorde em voo do Rio à Islândia

Pode ter sido o primeiro voo sem escalas entre o Brasil e a Islândia

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Embraer

ATUALIZAÇÃO: Apesar dos aplicativos de rastreamento indicarem que a rota foi direta, os pilotos do voo confirmaram ao AEROIN que houve uma parada em Praia no Cabo Verde, a qual não foi registrada provavelmente por falta de cobertura dos receptores ADS-B em solo dos aplicativos.

A confirmar, mas um jato executivo da Embraer fez um voo inusitado e provavelmente o mais longo de um avião fabricado no Brasil, ao voar do Rio de Janeiro para a Islândia. Até onde se tem registro, esse poderia ser o voo mais longo feito por uma aeronave da Embraer.

O jato de matrícula PR-KIT é um Praetor 600 que pertence à Helistar Taxi Aéreo e voou do Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, para o Aeroporto Internacional de Reykjavík, na capital da Islândia, conforme mostram dados dos aplicativos rastreadores de voos.

A dúvida sobre a quebra do recorde se dá em torno de não ter confirmação se a aeronave fez escala ou não, já que não existe cobertura do aplicativo RadarBox e do concorrente FlightRadar24 no Oceano, pela falta de receptores ADS-B em solo, mas ambos os aplicativos apontam a trajetória direta entre Rio e Keflavík, sobretudo pelo tempo de voo de 14 horas, compatível com a distância, mas vamos confirmar.

Avião Embraer Praetor 600
Embraer Praetor 600 © Divulgação

Uma jornada longa

De qualquer maneira, a viagem foi longa e foram percorridos em torno de 5.300 milhas náuticas (9.815 km) em um total de 14 horas e 18 minutos de voo. O voo partiu do Galeão às 19h de ontem, dia 11, e chegou na Islândia às 12h15 locais (9h15 no horário de Brasília). A altitude máxima atingida foi de 45 mil pés (13 km).

Por último e não menos importante, a Embraer lista que o jato tem um alcance máximo de 4.018 nm (7.441 km), porém estes dados consideram 4 passageiros e carga a bordo, o que pode não ter sido o caso do voo de ontem que provavelmente foi só a tripulação, deixando o avião mais leve e com maior alcance, embora não saibamos qual seria esse maior alcance (e 2.000 km a mais parecem distantes demais).

Entramos em contato com a Embraer e com a operadora do avião para tentar confirmar o recorde, assim que elas responderem, iremos atualizar a matéria.

ATUALIZAÇÃO 13/07 às 17h – As Embraer informou que estão averiguando, mas não têm informações. Enquanto isso, a operadora não respondeu ao nosso contato. Algumas pessoas citam que a aeronave parou em Cabo Verde, que é o que deve ter acontecido, embora o radar registre todo o voo numa reta só.

Recentemente, um jato comercial da fabricante brasileira bateu outro recorde, voando de Natal para Zurique sem paradas:

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A