Jato chinês Comac C919 realiza testes em climas extremamente frios com sucesso

Foto de Weimeng, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia

O avião de passageiros Comac C919, desenvolvido internamente na China, conduziu com sucesso os voos de teste em clima frio em Hulunbuir, na Região Autônoma da Mongólia Interior, no norte da China.

O teste, projetado para verificar o desempenho do sistema e equipamento da aeronave em climas extremamente frios, durou 20 dias, com a temperatura mais baixa de teste atingindo quase 40 graus Celsius negativos.

Hulunbuir foi escolhida para os voos de teste porque a cidade é conhecida por seu clima frio, com uma temperatura média de 25 graus Celsius negativos durante o inverno.

O C919, o primeiro avião a jato para 158-174 assentos desenvolvido da China e tem um alcance de 4.075 a 5.555 quilômetros. 

O avião saiu da linha de produção em 2015 e realizou seu voo inaugural com sucesso em 2017. A aeronave deve receber um certificado de aeronavegabilidade emitido pela autoridade de aviação (CAAC) e entrar em operação ainda este ano de 2021.

Informações da agência de notícias estatal Xinhua

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias