Jato Embraer que era da Azul já está nas cores da Breeze

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Breeze Airways já inicia a construção da sua frota, agora com o seu segundo jato Embraer, o qual voou na “empresa-irmã” Azul Linhas Aéreas.

Criada pelo brasileiro David Neeleman e com sua identidade visual desenvolvida pelo conterrâneo Gianfranco Beting, ex-diretor de Marketing da Azul, a Breeze é a nova empresa aérea dos EUA, que focará em rotas entre mercados secundários. Essa será a quarta empresa de Neeleman na América do Norte, após a Morris Air e JetBlue, dos EUA e da canadense WestJet.

Seguindo os passos da brasileira Azul que deu seu início operacional com jatos oriundos da JetBlue, a Breeze começa as operações com aviões de uma outra empresa.

Inicialmente, o primeiro jato da Breeze seria realmente um ex-Azul, porém Neeleman afirmou que achou condições de leasing (aluguel) melhores com outras unidades, que vieram da Air Canada através do lessor Nordic Aviation.

PR-AUB no Brasil

De qualquer maneira, os planos de ter uma frota proveniente da empresa irmã não foram cancelados e agora o primeiro jato ex-Azul apareceu nas cores da nova companhia.

Como falamos em primeira mão em outubro passado, trata-se do Embraer E195 de matrícula PR-AUB, que no Brasil recebeu o nome de batismo “Anjo Azul” e que tinha um sorriso desenhado na fuselagem. Ele foi entregue pela Embraer para a Azul em 2014 e ficou apenas seis anos na companhia.

Recentemente, a aeronave foi flagrada na Costa Rica, ao lado do E190 ex-Air Canada de menor tamanho e já com a pintura completa aplicada. O avião de origem brasileira terá a matrícula N190BZ segundo o portal PlaneSpotters. Nas fotos divulgadas no twitter BoardingPass, é possível ver que a aeronave está ao fundo e foi recém-pintada, com a proteção das janelas ainda não retiradas.

A previsão é que a Breeze Airways inicie suas operações no primeiro semestre deste ano, a depender da sua homologação pelas autoridades americanas.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

GOL se posiciona contra o PL. 504, que proíbe publicidade com...

0
A GOL Linhas Aéreas se manifestou em uma publicação do LinkedIN do Propmark, se posicionando contra o Projeto de Lei 504/2020