Jet Airways tem Boeings parados por falta de pagamento

A companhia indiana Jet Airways foi obrigada a paralisar quatro Boeings devido a falta de pagamento à lessores.

A aérea é a segunda maior da Índia em participação de mercado, e tem passado por dificuldades financeiras nos últimos tempos, sendo reflexo e consequência da ruim situação financeira da Etihad Airways, uma das grandes acionistas da empresa.

Outros problemas que atingiram a empresa foi a alta do combustível, a desvalorização da rúpia e principalmente a concorrência feroz principalmente da IndiGo e da GoAir. As dívidas da companhia estariam na faixa de $1,14 bilhões de dólares.

As aeronaves que foram paradas não foram especificadas, tão pouco se foi uma parada preventiva (similar a que a Avianca Brasil fez) ou foi por força da lei após lessores reclamarem a posse das aeronaves.

A companhia possui uma frota de aeronaves ATR 72, Airbus A330, Boeings 737 NG, 737 MAX e 777-300ER. Dentre os lessores estão AerCap Holdings NV, BOC Aviation Ltd, Avolon, GE Capital Aviation Services, Aircastle Ltd, DAE Aerospace, SBMC Aviation Capital e Jackson Square.

“A paciência está se acabando e alguns lessores não estão convencidos sobre um plano viável de recuperação da Jet Airways. Ninguém quer ser o último a retomar as aeronaves” declarou à Reuters uma pessoa próxima a companhia em condição de anonimato.

O medo dos lessores não é infundado. Em pouco mais de dois anos diversas companhias médias ou grandes fecharam as portas: Air Berlin, Vim Airlines, Primera Air, Monarch, NIKI e dias atrás foi a vez da alemã Germania.

A Jet Airways por sua vez emitiu um comunicado afirmando que “a companhia está fazendo os esforços necessários para minimizar o impacto na sua rede devido o ocorrido acima e está pro ativamente informando e reacomodando passageiros”.

Com informações da Reuters

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos