JetSmart anuncia planos de multiplicar seu tamanho por 5 em menos de uma década

Avião Airbus A320neo JetSMART Pato Patinho
Imagem: Clément Alloing

A empresa aérea de baixo custo Jetsmart, com sede no Chile e rotas na América do Sul, celebrou seis cinco anos no mercado com o anúncio de planos ousados para o futuro. Atualmente com uma frota de 18 aeronaves, o grupo pretende ultrapassar a marca de 100 jatos Airbus A320 até 2029. A meta no transporte de passageiros também é ambiciosa, pretendendo chegar a 100 milhões transportados até 2028.

Segundo uma entrevista recente informada pelo REPORTUR, o CEO da Jetsmart, Estuardo Ortiz, disse: “Temos a visão de poder transportar 100 milhões de passageiros e ter uma frota de 100 aeronaves até 2029. O fator Jetsmart permitiu aos passageiros pagar a metade do que antes, conectando as regiões com rotas inteligentes sem passar por capitais. Já transportamos 8 milhões de passageiros, faltam 92 milhões, a JetSmart está apenas começando”.

A empresa possui 38 rotas domésticas no Chile, das quais 19 não passam por Santiago. Além delas, a companhia aérea estabeleceu rotas internacionais, conectando 5 países da América do Sul: Colômbia, Chile, Argentina, Peru e Brasil.

Num passado não tão distante, antes da pandemia, a empresa disse que tinha interesse em estabelecer uma operação no Brasil, no entanto, esse plano ainda não frutificou.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Embraer apresenta novo turboélice nos EUA, mas com menos assentos

0
O novo turboélice da Embraer foi apresentado hoje para empresas aéreas americanas, mas com menos assentos que o anunciado ao público.