De olho no Brasil, aérea chilena JetSMART pode chegar também no Uruguai

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

© Clément Alloing

O Uruguai pode voltar a ter operações de uma nova companhia aérea em breve: a chilena JetSMART negocia para iniciar voos no país vizinho. Segundo a rádio uruguaia 970 Universal, o Ministro de Transporte e Obras Públicas, Luis Alberto Heber, adiantou que a JetSMART tem interesse em iniciar operações comerciais no Uruguai.

O interesse foi levantado durante uma reunião online entre autoridades do ministério e os executivos da companhia, que tem base no Chile, filial na Argentina e interesse em voos domésticos no Brasil (clique aqui para ver os detalhes sobre o Brasil) e no Peru, mas pertence a uma holding dos EUA.

A princípio a ideia é de que sejam apenas operações internacionais de/para o Uruguai partindo de Argentina e Chile, mas sem a abertura de uma nova filial local, aos moldes do que acontece na Argentina ou do que se pretende no Brasil (embora sem data para isso). No entanto, mais tarde no domingo, nosso parceiro Aviacionline informou que a proposta de uma filial no Uruguai segue como uma possibilidade

Não há informações detalhadas ainda, mas não apostamos na abertura de uma filial uruguaia, dada a restrita demanda doméstica no pequeno país sul-americano, que atualmente conta apenas com a Amas Uruguay como aérea nacional, a qual tem apenas dois aviões. A demanda, por sua vez, é totalmente atendida por empresas da região.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Dia 9/12: data em que a GOL espera o primeiro voo...

0
Está chegando a hora de ver novamente o Boeing 737 MAX nas operações regulares da GOL. Hoje novas operações foram registradas na ANAC.