Veja o que disse o CEO da Azul aos tripulantes após decisão de ontem sobre jornada de trabalho

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

John Rodgerson CEO Azul Linhas Aéreas
John Rodgerson, CEO da Azul

Conforme divulgado ontem (24/6) aqui no Aeroin, o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) divulgou a confirmação de que os tripulantes associados da Azul Linhas Aéreas aprovaram as três propostas de acordo coletivo de trabalho (para comandantes, copilotos e comissários) apresentadas pela companhia para um período de 18 meses, com início no próximo dia 1º de julho.

Os novos Acordos Coletivos de Trabalho (ACT) foram aprovados com mais de 85% dos votos a favor da proposta e, pelo acordo, a empresa e os tripulantes concordam com a criação de um programa de licença não-remunerada, um programa de demissão voluntária (PDV) e um programa de aposentadoria.

Além disso, haverá redução compulsória de remuneração fixa e variável para todos os cargos, segundo as características de cada função.

E hoje, após o acordo, a Azul anuncia oficialmente seu agradecimento aos tripulantes pela demonstração de apoio à companhia, diante da crise causada pela pandemia de Covid-19, que permitirá total flexibilidade em termos de custos de pessoal à medida que retoma sua malha de acordo com a recuperação da demanda.

John Rodgerson, CEO da Azul, declarou: “Gostaria de expressar minha profunda gratidão aos nossos tripulantes, por mais uma vez se unirem para apoiar a Azul. Conforme temos explicado de maneira transparente, o nosso plano de retomada inclui uma contribuição significativa de todos os nossos colaboradores, e hoje nossos tripulantes deram um grande passo nessa direção.”

Segundo John, esse contrato permite manter empregos e, ao mesmo tempo, reduzir custos para preservar caixa. “Continuamos a trabalhar com todos os nossos parceiros, e estamos fazendo um claro progresso em nosso plano de retomada. Construímos uma grande empresa e estou confiante de que sairemos desta crise mais fortes do que estávamos antes”, afirmou.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias