KLM adia aposentadoria do Embraer E190 para utilizá-lo na retomada de voos

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A KLM Cityhopper confirmou que não irá aposentar os jatos Embraer E190-E1 com a chegada do E195-E2, pelo contrário, aposta neles para se recuperar após a pandemia.

Embraer E190-E1 da KLM pousa em Amsterdã

Em entrevista exclusiva ao AEROIN, o CEO da KLM Cityhopper, Warner Rootliep, afirmou que a chegada dos novos jatos E2 não significa a saída do antecessor E190-E1. A primeira aeronave E195-E2 chega amanhã em Amsterdã e está configurada para 132 passageiros, 32 a mais que o E190-E1, que também é 5 metros menor que o novo jato.

“Não vamos abandonar o E190-E1 agora, é uma aeronave menor (quando comparado aos Boeings da matriz KLM) e está sendo essencial para retomarmos os voos. A ideia inicial realmente era essa, aposentar os E190 assim que os primeiros E2 chegassem, mas não é o caso agora com a demanda reprimida e precisando de aviões menores”, afirmou o executivo.

Rootliep não deu uma data de quando será aposentado o E1, mas tudo depende de como a demanda irá se recuperar nos próximos meses e anos. Até lá, a frota híbrida com jatos E175-E1, E190-E1 e E195-E2 continuará operando a pleno.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Vídeo mostra caça F-5 fazendo passagem baixa em Brasília lado a...

0
Dois dos principais vetores da Força Aérea Brasileira (FAB) fizeram um voo de ala em Brasília recentemente, e um passageiro flagrou tudo.