KLM encomenda mais unidades do atual Boeing 777-300ER

A Boeing e a KLM Royal Dutch Airlines anunciaram hoje que a companhia aérea encomendou mais dois aviões 777-300ER (Extended Range).

Avião Boeing 777 KLM

O pedido, avaliado em US$ 751 milhões a preços de tabela atuais, foi anteriormente atribuído a um cliente não identificado no site de pedidos e entregas da Boeing.

“A KLM é uma das principais transportadoras do mundo e pioneira na aviação. Estamos muito satisfeitos que a companhia aérea tenha escolhido mais uma vez o Boeing 777-300ER para fortalecer sua frota de longo curso para o futuro”, disse Ihssane Mounir , vice-presidente sênior de Vendas e Marketing da Boeing. “O interesse contínuo da KLM nos 777-300ERs mostra o apelo duradouro e o valor do 777, graças à sua excelente economia operacional e popularidade entre os passageiros”.

O 777-300ER pode acomodar até 396 passageiros em uma configuração de duas classes e tem um alcance máximo de 7.370 milhas náuticas (13.650 km). O avião é o modelo de corredor duplo mais confiável do mundo, com uma confiabilidade de 99,5%.

Operando fora de sua base em Amsterdã , o Grupo KLM atende uma rede global de 92 cidades europeias e 70 destinos intercontinentais com uma frota de 209 aeronaves. A transportadora opera 29 777s, incluindo 14 777-300ERs.

A KLM, a companhia aérea mais antiga do mundo ainda operando com o nome original, está comemorando seu centenário este ano. Em 2004, fundiu-se com a Air France para criar o maior grupo de companhias aéreas da Europa. O grupo Air France-KLM também é um dos maiores operadores da família 777, com quase 100 unidades entre as frotas combinadas.

Informações pela Boeing.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.