KLM recebe mais dois Embraer E-Jets e expande sua frota

E-Jet da KLM Cityhopper. Imagem: Divulgação / KLM.

Na última quinta-feira, 22 de fevereiro, a KLM Cityhopper (KLC), subsidiária regional do Grupo KLM na Europa, recebeu duas aeronaves da geração atual de jatos Embraer, o modelo E175+, com registro PH-EXU, e o modelo E190, com registro PH-EXV.




A KLC opera na Europa exclusivamente com as aeronaves da fabricante brasileira, tendo 45 aviões em sua frota.

A entrega da 14º Embraer E175+ e o 31º Embraer E190 marca um passo importante no processo inovador e contínuo de renovação da frota da KLM. Depois de eliminar o Fokker, e com base nas suas características tecnológicas avançadas dos jatos da Embraer, a KLM Cityhopper opera de maneira mais sustentável, utilizando menos combustível e, assim, reduzindo as emissões de CO2. Em comparação com o Fokker 70, a aeronave E175+ mais recente usa até 22% menos combustível.

10 anos de relacionamento entre KLM Cityhopper e Embraer

E-Jet da KLM Cityhopper. Imagem: Divulgação / KLM.

A primeira entrega de uma aeronave Embraer à KLM ocorreu em 2008 e desde então outras 44 já estão na frota da companhia.

A aeronave Embraer também sustenta o objetivo da KLM, de sempre focar em seus clientes. As novas aeronaves oferecem mais conforto e espaço, contribuindo para que seus passageiros tenham experiências memoráveis.

A KLM Cityhopper atualmente opera a maior frota da Embraer na Europa. Em meados de 2018, a frota completa da KLC consistirá em 49 aeronaves produzidas pelo fabricante brasileiro de aeronaves. A entrega do 46º Embraer é esperada em abril.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da KLM.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.