Início Aeroportos Lamborghini de 640 cavalos vira Safety Car de aviões Embraer na Itália

Lamborghini de 640 cavalos vira Safety Car de aviões Embraer na Itália

Chegar numa cidade italiana rica em cultura e história é sempre algo muito bom, mas se for num Embraer escoltado por uma Lamborghini, é ainda melhor.

Divulgação – Aeroporto de Bolonha

A fabricante italiana de carros de luxo começou sua história com tratores, mas deu uma guinada para os carros pessoais após uma provocação de Enzo Ferrari, e parece que o negócio foi muito bem. Sempre preocupada com a marca, a empresa realiza uma série de ações interessantes todos os anos. Uma delas, renovada nesse ano, também está se tornando uma tradição.

Isso porque, o Aeroporto Internacional de Bolonha anunciou na semana passada que renovou a sua parceria com a Automobili Lamborghini pela 7ª vez consecutiva. No ano passado, outro carro do modelo Huracán Evo foi usado e, agora, ele foi substituído por outro do mesmo tipo, mas com as cores um pouco diferentes.

Divulgação – Aeroporto de Bolonha

O que importa é que a parceria consiste em ceder ao aeroporto um modelo esportivo da marca, que servirá como Follow Me, ou carro-madrinha / Safety Car da aviação. A função de Follow Me é, literalmente, a tradução do termo para o português, ou seja, “Siga-Me”.

Assim como o Safety Car nas corridas, ele entra para ser seguido durante situações fora do comum. Essas podem ser desde algum acidente na pista, que necessite um guiamento especial aos pilotos, assim como ocasiões de baixa visibilidade, rebocamento de uma posição para outra, ou mesmo quando um avião incomum chega no aeroporto e têm que ser escoltado por uma rota especial ou apenas para dar familiaridade aos pilotos.

Divulgação – Aeroporto de Bolonha

Equipado com giroflex e adesivos reflexivos, o Follow Me anda sempre devagar, raramente passando dos 30km/h, algo já tedioso em carros 1.0, ainda mais num 5.2 V10 (aspirado) que equipa a Huracán Evo.

Esta Lamborghini de 640 cavalos de potência (bhp) vai de 0 à 100 km/h em apenas 2,9 segundos, com velocidade máxima superior a 325 km/h. Todo esse poder será usado apenas para guiar aviões em Bolonha, que recebe diariamente jatos Embraer da KLM, Austrian, Air Dolomiti, Lufthansa e Alitalia.

Divulgação – Aeroporto de Bolonha

Mesmo não sendo o avião mais presente no aeroporto, a Lamborghini só posou com ele nas fotos oficiais divulgadas. Pode-se dizer que o design do carro combinou com o avião.

As escoltas da Huracán Evo já estão sendo feitas com voos de verdade e irão durar até janeiro do ano que vem, quando o contrato expira para o Follow Me. Ou melhor dizendo, “Siga-Me No Meu Belo País”, como está escrito na lateral do superesportivo.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile