LASA Argentina inicia operações em breve com jatos Embraer 145

ERJ 145. Imagem: Divulgação / Embraer.

A companhia aérea LASA disse que já está em condições de começar a voar no aeroporto Presidente Perón, em Neuquén, dependendo apenas do certificado da ANAC Argentina que permitirá o início das operações com aeronaves Embraer 145.




“Segundo nos informaram, em duas semanas isso será resolvido e a partir daí poderemos trazer as aeronaves do Brasil, que já estão pintadas e prontas para voar”, disse o presidente da empresa, Juan Silenzi.

Além do certificado, há ainda um inconveniente. A ausência de um hangar para a empresa, que havia sido acertado com a concessionária da base aérea local, Aeropuertos del Neuquén SA. Pelo acordo, a concessionária se comprometeu a financiar as obras, algo que não aconteceu, razão pela qual a LASA decidiu começar a fazê-lo por conta própria.

Silenzi disse que isso deve levar algum tempo, pois ainda estão esperando um financiamento ser fechado, mas não será uma barreira para a companhia aérea começar a trabalhar. “A LASA vai sair da mesma maneira. Para isso nós colocamos recursos da empresa que não eram destinados a esse porpósito. Mas estamos confiantes de que chegaremos a um acordo para que possa ser financiado”, afirmou, e indicou que os aviões chegariam a Neuquén sem depender do hangar, cujo trabalho está atualmente em fase de preparação de solo.

A empresa informou que possui 22 pilotos que atualmente executam treinamento com simuladores e que estão autorizados a voar, além de 11 comissárias e 22 mecânicos. E destaca que entre os mecânicos e os pilotos haverá pessoal feminino. No total, serão 216 empregados para a operação dos aviões, e a cada 90 dias serão incorporadas mais duas aeronaves. “Entre 6 e 13 de julho devemos começar as operações”.

No que diz respeito a Neuquén, a LASA cobrirá inicialmente duas rotas para Comodoro Rivadavia. Uma sobre o mar, que passará por Viedma e Trelew, e outra sobre as montanhas, que passará por Bariloche e Esquel.

 
Informações pelo LMNeuquen.
 

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

GOL fatura o prêmio Top of Mind 2020 da Folha pela...

0
A GOL Linha Aéreas é campeã na Folha Top of Mind 2020, pesquisa anual promovida pelo jornal Folha de S.Paulo que chega à sua 30ª edição