Latam admite erro e diz que ajustará a hora de almoço de tripulantes

Em resposta a um questionamento do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), a Latam Airlines Brasil reconheceu erro no tempo de intervalo de alimentação que estava sendo concedido a tripulantes que estão em cumprimento de programação de treinamento.

Segundo o artigo 64 da Lei do Aeronauta, o tempo mínimo a ser concedido para alimentação deve ser igual ou superior a 60 minutos, mas a empresa estaria oferecendo menos, segundo diz a denúncia apurada pelo SNA.

Com base nisso, o sindicato levou a questão à companhia, que se comprometeu a ajustar os horários de alimentação de sua equipe.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Reservas de voo disparam no R. Unido após premiê falar sobre...

0
O anúncio de uma data com o fim das restrições contra a Pandemia do Coronavírus trouxe ânimo para os passageiros britânicos.