Latam Airlines aumentará as frequências para Los Angeles e Nova Iorque

A Latam Airlines anunciou na sexta-feira (27) que aumentará sua oferta de voos de Santiago (Chile) para Los Angeles e Nova Iorque, nos Estados Unidos, a partir do próximo ano. Os voos para LAX passam de cinco por semana para um serviço diário, enquanto que a empresa vai adicionar três frequências para NY, atingindo 10 voos por semana, ambos a partir de abril de 2020. As vendas serão iniciadas em breve pelos canais da empresa e os voos continuam sendo operados pelos Boeing 787-8/9.

“Como parte de nosso esforço contínuo para construir a maior rede de destinos com os melhores itinerários, aumentamos nossas frequências de voo para duas das principais cidades dos Estados Unidos, gerando mais opções de viagens para nossos clientes e melhorando a conectividade do Chile com o mundo ”, disse Nicolás Salazar, vice-presidente de rede do Grupo Latam Airlines.

Um dia depois do acordo com a Delta

O anúncio ocorre um dia depois da Latam Airlines surpreender os mercados ao informar que chegou a um acordo com a Delta Airlines para que a companhia aérea dos EUA – a maior do mundo medida em termos de capitalização de mercado – adquira através de uma Oferta Pública Ações (OPA) 20% da companhia aérea controlada pelo grupo Cueto, a um preço de US$ 16 por ação, que avalia o pacote total em cerca de US $ 1,9 bilhão.

Além disso, ambas as empresas concordaram em formar uma aliança estratégica, independente do resultado da oferta pública de aquisição, que cobrirá rotas sem escalas entre os Estados Unidos e o Canadá e os países da América do Sul com acordos de céu aberto e as conexões dessas rotas.

O CEO da Delta, Ed Bastian, disse em entrevista à agência Bloomberg que a companhia aérea dos EUA e a América Latina não prevêem nenhum problema na obtenção de aprovações regulatórias para sua joint venture, um processo que provavelmente levará um ou dois anos.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.