LATAM Airlines espera sair da recuperação judicial em 2021 com estrutura forte

Avião Airbus A320 LATAM

Os executivos-chefes das maiores empresas aéreas do Chile (Latam, Sky e JetSmart) se reuniram na sexta-feira, 27 de novembro, para um evento com o setor de turismo local e da América Latina. Eles refletiram sobre os meses passados, falaram de resultados e expectativas futuras.

Um dos assuntos de destaque na mesa, segundo reporta o Diario Financiero do Chile, foi a fala do CEO da Latam Airlines, Roberto Alvo, que reconheceu que “vai demorar muito para a recuperação (do setor)”, mas que “as vacinas estão a caminho e isso terá um impacto positivo no mercado”. Embora o olhar ainda cético quanto à recuperação, Alvo disse que já olha para 2021, quando espera finalizar seu processo de reestruturação.

O processo ao qual ele se refere é o Chapter 11, uma espécie de recuperação judicial sob a lei americana. Nele, a empresa ganha fôlego ao suspender algumas obrigações de pagamento, dando prioridade a outras, cruciais para seu funcionamento, enquanto capta recursos, ainda que a juros ou garantias mais altos, para mantê-la em pé.

“Teremos uma estrutura de custos muito competitiva, semelhante às suas (apontando para os executivos da JetSmart e Sky, que também estavam no debate), e isso nos permitirá abordar as oportunidades e apoiar o desenvolvimento do setor daqui para frente”, afirmou.

Ele estimou que “ao longo do segundo semestre do próximo ano, devemos pensar em sair do Chapter 11. Esse período em que não temos praticamente nenhum voo (falando do mercado do Chile), e que internamente chamamos de período de hibernação, dá uma oportunidade de olhar para frente”, disse ele.

Naturalmente, o centro do debate era o mercado chileno, mas o processo de Chapter 11 da Latam engloba quase todos os países em que atua, incluindo o Brasil e, portanto, entende-se que a fala de Alvo também tenha tal abrangência.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Companhia aérea afegã convoca apenas tripulantes homens para voltarem ao trabalho

0
A companhia aérea de bandeira do Afeganistão, Ariana Afghan Airlines, está se preparando para retomar os voos internacionais