Início Empresas Aéreas Latam Airlines sai da aliança oneworld

Latam Airlines sai da aliança oneworld

Logo após o anúncio da aquisição de 20% de suas ações pela Delta, em setembro de 2019, a LATAM notificou a oneworld e seus parceiros de aliança que os deixaria dentro de um ano, de acordo com o prazo padrão para esta notificação. No entanto, a empresa avaliou uma data antecipada para a saída, a qual ficou acordada para o dia 1 de maio.

Avião Boeing 767 LATAM oneworld

E assim aconteceu, desde sexta-feira, a Latam não faz mais parte da aliança oneworld, deixando-a sem membros na América do Sul. Também a partir de agora, os benefícios da aliança não valem mais para os passageiros Latam, e vice-versa.

No entanto, após sua saída, a Latam Airlines ainda manterá vários dos seus acordos bilaterais com a maioria das companhias aéreas da aliança oneworld, basta consultar esses detalhes no site da empresa aérea.

A então LAN Chile entrou na aliança em 2000, um ano após a criação da aliança, sendo um dos membros mais antigos. Com a fusão com a TAM, então membro da Star Alliance, concluída em 2014, acabou por prevalecer a oneworld devido a maior participação dos chilenos na fusão.

Futuro no SkyTeam

Vale lembrar que a Latam não oficializou a entrada na Skyteam, mas todo o mercado aponta para isso, já que a aliança é liderada pela Delta.

Um fato interessante é que a Aerolíneas Argentinas é membro da Skyteam, e existe a Latam Argentina. Juntas elas detém mais de 80% do mercado aéreo argentino. Podemos chegar a uma situação de ter ambas na mesma aliança.

A Skyteam é formada pela Aeroflot, Aerolíneas, AeroMéxico, Air Europa, Air France, Alitalia, China Airlines, China Eastern, Czech Airlines, Delta, Garuda Indonesia, Kenya Airways, KLM, Korean Air, Middle East Airlines, Saudia, TAROM, Vietnam Airlines e Xiamen Air.