Latam Brasil devolve o Boeing 767 que tinha a pintura da aliança oneworld

A Latam Brasil devolveu ao arrendador o Boeing 767-300ER de matrícula PT-MOC (41746). A aeronave foi adquirida nova de fábrica pela LAN Chile em 2012 e depois repassada à TAM em 2014, onde recebeu a pintura da oneworld. Após a fusão das empresas, a aeronave permaneceu na frota do braço brasileiro.

No começo da pandemia, a aeronave foi armazenada em São Carlos, no interior de São Paulo, e ali permaneceu por mais de um ano. Em maio do ano passado, a Latam saiu da aliança oneworld, seguindo um acordo firmado meses antes com a Delta Air Lines.

Conforme mostram os dados coletados pela plataforma RadarBox, a aeronave partiu de São Carlos no final da semana passada, e passou por Belo Horizonte para trâmites aduaneiros, antes de deixar o país em 16 de agosto rumo a Brownsville, no Texas. Em paralelo, a empresa já solicitou o cancelamento de matrícula no Brasil.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias