Latam Brasil vai novamente à China com voos especiais de seus maiores aviões

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Latam Airlines Brasil voará novamente para a China, em voos cargueiros especiais para trazer insumos de ajuda no combate ao vírus SARS-CoV-2 e à epidemia no Brasil. Constam do registro de voos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), novas operações da companhia aérea para Pequim, com Boeing 777-300ER, o maior da frota.

Os dois voos estão previstos para acontecerem entre os dias 21 e 29 de janeiro, na rota Guarulhos – Recife – Amsterdã – Pequim – Amsterdã – Guarulhos. A chegada dos insumos ao Brasil tem datas para 22 e 29 de janeiro.

A rota é similar às que a Latam operou no segundo e terceiro trimestres de 2020, quando fez mais de 40 voos para a China, contratados pelo Ministério da Infraestrutura, numa missão especial para trazer da China 960 toneladas de máscaras cirúrgicas e N95 compradas pelo Ministério da Saúde para auxiliar no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

A ação foi parte do plano de logística e distribuição desenvolvido pelo governo federal para apoiar governos estaduais e municipais. O plano nacional abrangeu ações para viabilizar a chegada do material importado, articulação com órgãos governamentais que atuaram nos aeroportos para prioridade no desembaraço aduaneiro e apoio na distribuição dos equipamentos nos estados.

Apesar da programação dos dois voos aprovados no sistema da ANAC, a LATAM declara que “não há operações confirmadas para a China neste momento”, e que “está buscando a ampliação de sua operação para atendimento das demandas de combate à Covid-19.”

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Decola rumo ao Brasil mais um avião 737 MAX para a...

0
Mais uma moderna aeronave Boeing 737 MAX chegará nas próximas horas ao Brasil para ser agregada à frota da GOL Linhas Aéreas.