LATAM cancela contrato de leasing de 32 aeronaves

A350 LATAM

A LATAM Airlines confirmou hoje que irá reduzir permanente sua frota em pelo menos 32 aeronaves, após cancelar o contrato de leasing com os lessores.

Segundo o relatório de resultados do segundo trimestre da companhia, o grupo LATAM “devolveu até o momento 23 leasing de aeronaves e está em processo de devolução de mais 9 das 340 aeronaves que fizeram parte de sua frota no início desse processo”.

O leasing acontece quando uma empresa (banco ou financeira) compra a aeronave da fabricante a pedido da companhia aérea, e a aluga através de um contrato de longo prazo para a empresa aérea que, por sua vez, paga uma taxa mensal do aluguel.

Algumas destas 23 aeronaves já foram devolvidas, como já mostramos aqui, e incluem os modelos Boeing 787 Dreamliner, Airbus A321 e A350XWB.

A empresa também afirmou que “está em discussões ativas com seus arrendadores financeiros e operacionais sobre as medidas provisórias e de longo prazo. O grupo havia solicitado um plano de pagamento por hora para a frota, tanto em regime de
leasing operacional, quanto financeiro, que foi amplo e gradativamente aceito desde o início de junho”.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias