Latam cancela os seus dois únicos pedidos do Airbus A350-1000

A350-900 da Latam

Em consonância com sua estratégia atual, em que prevê a padronização da frota de longo curso em modelos Boeing, a Latam Airlines cancelou os únicos dois pedidos para o Airbus A350-1000 que ainda estavam em aberto junto à fabricante europeia. O anúncio ocorreu junto com confirmação, na semana passada, da aquisição de mais 28 jatos da família A320neo.

Nos números atuais, a Latam Airlines passa a ter 70 narrow body encomendados junto à Airbus, que serão parte do plano de modernização e eficiência da frota para os próximos anos. Essas aeronaves, no entanto, ainda não têm um destino certo e poderão ser usadas em qualquer subsidiária do grupo na América Latina.

A compra dessas aeronaves altamente eficientes é um sinal do compromisso que assumimos com a transformação para uma LATAM neutra em carbono até 2050. Ao mesmo tempo, essas 70 aeronaves reforçam a escala de conectividade da região. Continuaremos trabalhando com responsabilidade para sair do Capítulo 11 com uma frota que acompanhe os novos desafios do grupo ”, afirmou Roberto Alvo, CEO do LATAM Airlines Group, quando anunciou os 28 novos jatos Airbus.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Boeing 737-300 ex-Transbrasil sai da pista e derrapa até parar na...

0
A aeronave, que estava realizando um voo de carga, ao pousar no aeroporto ultrapassou o limite da pista e foi parar em um gramado.