LATAM nega que exista uma tentativa hostil de ‘roubarem’ suas operações no Brasil

A Latam Airlines se posicionou sobre as notícias que circularam na mídia americana, relacionadas à uma possível aquisição hostil de suas operações no Brasil. Os rumores davam conta de que a Azul mantinha conversas com investidores e credores da Latam para adquirir suas participações na empresa e, assim, chegar a uma fatia representativa do capital, dando-lhe poder de decisão.

No entanto, na segunda-feira (23), a Latam rechaçou essa hipótese e disse que se prepara para entregar o programa de reestruturação no âmbito do Capítulo 11, incluindo a Latam Brasil, enquanto continua recuperando novas rotas, novas bases operacionais e contratos, relatou a versão em inglês do Mercopress.

A Azul, por seu lado, não esconde o interesse na aquisição e tem adotado um tom agressivo com relação ao assunto, inclusive dizendo que tal movimento é uma necessidade do mercado brasileiro de aviação.

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos. Já aprendemos que nem tudo o que parece é, assim como nem tudo o que não parece, não é.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Com 459 assentos, Airbus entrega o mais denso de todos os...

0
Apertado é o sentimento que alguns passageiros podem sentir no novo Airbus A330neo da Cebu Pacific, que é o mais denso já feito.