LATAM consegue liberação de voos internacionais em São Carlos/SP

Segundo reportou o Aviação Paulista, foi publicado no último dia 26 de novembro no DOU (Diário Oficial da União) o alfandegamento do Aeroporto Internacional Dr. Mario Pereira Lopes, em São Carlos (SP), administrado pelo DAESP (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo).




MRO Centro Manutenção LATAM TAM São Carlos

Centro de Manutenção da LATAM em São Carlos/SP

A medida libera, finalmente, as operações internacionais no local, depois de quase 10 anos de o pedido ter sido feito pela LATAM.

A internacionalização atende apenas ao pedido da LATAM para pousos e decolagens de aeronaves estrangeiras para passar por revisões em seu MRO (Maintenance, Repair and Overhaul, ou Manutenção, Reparo e Revisão, em português). Dessa forma, estão vetados pousos e decolagens de outras aeronaves estrangeiras, tanto da aviação geral quanto comerciais, sendo vetado o transporte internacional de passageiros e carga.

O alfandegamento é válido até 10 de janeiro de 2048. Segundo a LATAM, o primeiro voo internacional está previsto para pousar em São Carlos no primeiro trimestre de 2019. Para operar os voos internacionais, a companhia terá que fazer um agendamento prévio com quatro órgãos federais: Ministério da Agricultura, por intermédio do VIGIAGRO (Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional), ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Receita Federal do Brasil e a Polícia Federal.

O aeroporto de São Carlos será o primeiro administrado pelo DAESP a receber operações internacionais. A internacionalização elimina a necessidade de nacionalização para voos “ferry” (de translado) destinados ou originados em São Carlos, que obrigava a LATAM a fazer mais um pouso e uma decolagem em um aeroporto internacional. Foz do Iguaçu (PR) era o mais utilizado pela companhia nos voos de Santiago (Chile).

Segundo a LATAM, a mudança resultará em uma redução de custos de 9%, tornando competitivo seu MRO também para outras companhias latino-americanas, como Sky e JetSmart, que poderão revisar seus Airbus A320 em São Carlos.

MRO Centro Manutenção LATAM TAM São Carlos

Centro de Manutenção da LATAM em São Carlos/SP

O MRO da LATAM conta com 1,4 mil funcionários, que fazem manutenção pesada, reparo e revisão de aeronaves e componentes aeronáuticos. A unidade atende aeronaves do Grupo LATAM Airlines, além de aeronaves e componentes de companhias aéreas do Brasil e do exterior. A unidade é certificada por ANAC, FAA (Federal Aviation Administration) e EASA (European Aviation Safety Agency) para trabalhar com Airbus A318, A319, A320, A321, A330, Boeing 767, ATR 42, ATR 72 e com os E-Jets da Embraer.

Após a internacionalização do aeroporto de São Carlos, a LATAM pretende investir R$ 60 milhões em novos hangares, que terão capacidade para receber mais cinco aeronaves (hoje são tendidas 10 aeronaves simultaneamente) para manutenção de aviões de outros países, além das aeronaves da própria LATAM. Também é prevista a contratação de 500 funcionários.

 
Informações do Aviação Paulista.
 




Por dentro da manutenção na LATAM Brasil – Parte I

Airbus renova parceria com USP de São Carlos

Azul lança pedra fundamental do novo hangar de Campinas

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.