Início Empresas Aéreas Lufthansa anuncia ampliação de frota do modelo Airbus A350-900

Lufthansa anuncia ampliação de frota do modelo Airbus A350-900

Airbus A350-900 – Imagem: Clément Alloing

O Grupo Lufthansa anuncia na manhã desta segunda-feira, 4 de outubro, que está acelerando a modernização de sua frota de longo curso ao ter assinado contratos de arrendamento para mais quatro aeronaves Airbus A350-900 com os arrendadores Avolon, SMBC Aviation Capital Ltd. e Goshawk.

Estes A350-900 estão programados para entrar em serviço com a marca da Lufthansa a partir do primeiro semestre de 2022, fortalecendo a oferta premium da companhia aérea. Como resultado, a frota de A350 do Grupo aumentará para 21 aeronaves.

O Dr. Detlef Kayser, Membro do Conselho Executivo d Grupo Lufthansa, disse:

“O Airbus A350 é uma das aeronaves mais modernas do nosso tempo. Extremamente eficiente em termos de combustível, muito silencioso e muito mais econômico do que seus antecessores. Nossos clientes apreciam não apenas a sustentabilidade, mas também a experiência de voo premium com esta aeronave. Os contratos de arrendamento nos permitem permanecer flexíveis no planejamento da frota e aproveitar ao máximo as oportunidades excepcionais do mercado.”

A aeronave bimotora Airbus A350-900 consome cerca de 2,5 litros de querosene por passageiro a cada 100 quilômetros voados. Isso é cerca de 30 por cento menos do que seus antecessores, com um impacto correspondentemente positivo na pegada de carbono.

A aeronave substituirá principalmente os modelos de longa distância com quatro motores da família Airbus A340, que haviam sido paralisadas durante a crise, mas voltaram à ativa nos meses mais recentes devido a picos de demanda por viagens internacionais para alguns mercados específicos.

Por volta do meio desta década, o Grupo espera que a proporção de aeronaves quadrimotores na frota de longo curso caia para menos de 15%. Antes da crise, a participação era de cerca de 50%.

Além disso, as novas aeronaves com baixo consumo de combustível reduzirão os custos operacionais em cerca de 15% em comparação com os tipos que substituirão.

Como parte de seu programa de modernização de frota de longo prazo, o Grupo Lufthansa receberá um total de 177 aeronaves de curta, média e longa distância nesta década.

Informações do Grupo Lufthansa

Sair da versão mobile