Início Empresas Aéreas Lufthansa comemora: levantará mais de $2 bi para pagar o governo antes...

Lufthansa comemora: levantará mais de $2 bi para pagar o governo antes do previsto

Boeing 747-8I – Imagem: Lufthansa

O Grupo Lufthansa anunciou neste último domingo, 19 de setembro, que a evolução positiva da sua situação operacional, e, por consequência, financeira, permitirá um aumento de capital de mais de 2 bilhões de euros para saldar, antes do previsto, o apoio que recebeu do governo alemão para suportar a crise da aviação.

Segundo comunicado da companhia, a evolução global da vacinação está apoiando a confiança dos clientes para voar e facilitando o levantamento das restrições de viagem, de maneira que a Lufthansa está bem posicionada para aproveitar a resultante recuperação na demanda global de viagens.

Com isso, a capacidade oferecida em agosto pelas companhias aéreas do Grupo voltou a mais da metade dos níveis anteriores à crise, com taxas de ocupação superiores a 70%, e as reservas atuais indicam uma recuperação sustentada da demanda, além das tendências de carga continuarem excepcionalmente fortes.

Assim, diante deste cenário positivo, o Grupo está lançando um aumento de capital de 2,1 bilhões de euros para estabelecer uma estrutura de capital sustentável e eficiente e para permitir ao Grupo reembolsar o Fundo de Estabilização Econômica (ESF) da República Federal da Alemanha.

A Lufthansa explica que a transação é totalmente subscrita por um sindicato de 14 bancos e, além disso, vários fundos e contas sob a gestão da BlackRock, Inc. celebraram um contrato de sub-subscrição por um total de 300 milhões de euros e se comprometeram a exercer integralmente seus direitos de subscrição.

O produto líquido desta capitação no mercado financeiro será usado para reembolsar a Participação Silenciosa I do Fundo do ESF no valor de 1,5 bilhão de euros e, adicionalmente, a empresa pretende reembolsar integralmente a Participação Silenciosa II no montante de 1 bilhão até ao final de 2021. Além disso, cancelará os montantes não utilizados da Participação Silenciosa I até ao final de 2021.

Após o término das Participações Silenciosas, o Grupo Lufthansa iniciará o processo para cancelar também o Capital Autorizado C restante.

Carsten Spohr, CEO da do Grupo Lufthansa, comemorou: “O pacote de estabilização acordado com o ESF permitiu à Lufthansa proteger os empregos de mais de 100.000 funcionários. Sempre deixamos claro que apenas reteríamos o pacote de estabilização enquanto fosse necessário. Estamos, portanto, orgulhosos de podermos cumprir nossa promessa e pagar as medidas mais rapidamente do que o inicialmente esperado. Agora podemos nos concentrar totalmente na transformação do Grupo Lufthansa.”

Informações do Grupo Lufthansa

Sair da versão mobile