Início Empresas Aéreas Lufthansa confirma-se como próxima operadora do Airbus A321 cargueiro

Lufthansa confirma-se como próxima operadora do Airbus A321 cargueiro

Avião Lufthansa Airbus A321 Decolagem
Airbus A321 – Imagem: Lufthansa

A Lufthansa Cargo está investindo na expansão de sua capacidade de carga e, a partir do início de 2022, a empresa oferecerá aos seus clientes uma capacidade adicional na Europa, convertendo permanentemente aeronaves de passageiros Airbus 321 em cargueiros. 

Para tanto, as aeronaves bimotoras de médio curso receberão grandes portas de carga para possibilitar o transporte de contêineres também no deck principal, onde geralmente ficam os assentos. Inicialmente, está prevista a conversão de duas aeronaves, que ficarão baseadas em Frankfurt.

O crescimento das remessas internacionais de comércio eletrônico está previsto em cerca de 20% ao ano nos próximos cinco anos. Os consumidores esperam prazos de entrega cada vez mais curtos para os produtos encomendados. Isso também está aumentando a demanda por conexões de frete aéreo na Europa.

“A Lufthansa Cargo quer oferecer aos clientes do segmento de comércio eletrônico conexões rápidas intra-europeias. Com os A321 convertidos, estaremos atendendo à crescente demanda de nossos clientes por soluções de entrega no mesmo dia e fortalecendo ainda mais nossa densa rede de conexões globais, bem como nossa oferta de produtos”, disse Dorothea von Boxberg, CEO da Lufthansa Cargo. “O tipo de aeronave selecionado pode transportar 28 toneladas por voo, muito mais do que nas barrigas de aeronaves de passageiros. Além de despachantes, integradores e operadoras postais, os sites de comércio eletrônico serão clientes desta oferta”, acrescentou von Boxberg.

Os Airbus A321 (A321P2F) convertidos em cargueiros oferecem um alcance de 3.500 quilômetros. A conversão permite o uso de paletes de carga padronizados também no deck principal. Esse modelo de aeronave é o mesmo que a Azul almeja em sua frota de carga num futuro próximo.

Sair da versão mobile