Início Empresas Aéreas Lufthansa fará manobra que a permitirá ser 100% controlada por capital estrangeiro

Lufthansa fará manobra que a permitirá ser 100% controlada por capital estrangeiro

Com manobra em composição societária, investidores estrangeiros de fora da União Euroéia poderão comprar ações ilimitadas da Lufthansa, permitindo controle acionário total nas mãos de “gringos”.

Airbus A320 Lufthansa
Airbus A320 da Lufthansa

A notícia foi divulgada pelo jornal alemão Der Spiegel, e refere-se a uma forma que a empresa criou para traspassar o sistema atual, que limita a 50% o total de capital nas mãos de não-membros da União Européia. Para isto a empresa irá fazer um movimento societário similar ao que a Latam fez, criando uma holding. A decisão foi dada após a pressão de investidores para aumentar a eficiência da empresa alemã.

Esta regra, no entanto, pode ser contornada com a criação de uma holding, que é uma empresa de propósito específico com a finalidade de controlar outras empresas. Segundo as regras atuais da União Europeia, a holding pode pertencer a qualquer nacional, mas deve estar devidamente registrada na Alemanha ou outro país-membro da UE, para que possa investir na Lufthansa. E esse percentual pode chegar até 100%, embora não seja necessariamente isso que vá acontecer..

Por outro lado, não se aplica a punição de perda de rotas por infringimento, dado que a Lufthansa propriamente dita (que é dona do certificado de operador aéreo) seria uma empresa separada, além de continuar nas mãos de uma holding registrada na Alemanha ou outro país-membro. A empresa confirmou esta medida.

Outro exemplo de holding em condição similar é a IAG, que controla a British Airways, Iberia, Vueling e Aer Lingus (e, futuramente, a Air Europa). Em seu caso, a Iberia enfrenta um processo na justiça europeia para provar que é realmente espanhola frente ao Brexit, que tornaria o IAG numa empresa não-membro da UE, já que é registrada em Londres, sede da British Airways.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A