Sofrendo com a crise, Lufthansa decide fechar mais uma subsidiária

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Subsidiária SunExpress
Boeing 737 da turca SunExpress © Clément Alloing

O Grupo Lufthansa decidiu dar fim a mais uma subsidiária, após já ter encerrado as operações da Germanwings no início do mês de abril. Agora, será a vez da joint-venture com a Turkish Airlines.

A companhia turca SunExpress foi fundada nos anos 90 e tem foco no mercado turístico e, de forma particular, no “turismo familiar” que existe entre a Alemanha e a Turquia. A empresa tem seu controle dividido igualmente pela Turkish e pelo Lufthansa Group.

Já em 2011, foi criada a subsidiária alemã da empresa, a SunExpress Deutschland, que é menor e voltada a atender destinos turísticos a partir da Alemanha para a região do Mar Vermelho e Mediterrâneo. A companhia contava até hoje com 13 jatos Boeing 737-800 e tinha encomenda para três 737 MAX 9. Além disso, seus os pilotos e comissários operavam os Airbus A330 da Eurowings em voos intercontinentais.

Agora, segundo o portal alemão Airliners.de, a Lufthansa optou por descontinuar a filial alemã, em uma medida que não afeta a SunExpress “original”, que é baseada na Turquia. O último voo da SunExpress Deutschland está programado para o próximo dia 26. Ao todo, são 1200 empregados na divisão alemã.

Alguns voos e rotas serão assumidos pela turca SunExpress, e o restante será cancelado. Os passageiros serão acomodados em voos de empresas parceiras, como outras do grupo Lufthansa e principalmente pela Eurowings.

Toda este movimento da Lufthansa faz parte da busca do grupo por ter uma operação menos diversificada e mais simples, que irá focar em menos empresas aéreas e mais sólidas, com a menor sobreposição possível. Isso inclusive pode incluir o fechamento de uma grande empresa:

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Avião Airbus A321 LATAM

Piloto da Latam desvia avião para salvar bebê que passava mal...

0
Um Airbus A321 da LATAM Brasil acabou sendo desviado na tarde de hoje para Salvador após um bebê passar mal a bordo.