Lufthansa, Manga, Avianca e o ATC de Cali

O inglês por inúmeros motivos se tornou a língua “oficial” do mundo moderno. E na aviação isso veio de maneira mais forte: o setor teve seu boom bastante tempo atrás, logo após a Segunda Guerra, em função da vitória dos aliados. Porém mesmo nos dias atuais a língua é uma barreira, até perigosa.




No último 17 um Airbus A340-600 da Lufthansa de matrícula D-AIHC estava fazendo o voo LH542 de Frankfurt para Bogotá. Neste dia o tempo estava horrível na capital colombiana, e vários aviões alternaram para Cali. Dentre eles o Lufthansa e diversos Aviancas.

Chegando ao Aeroporto de Cali, que estava sobrecarregado com os voos alternados de Bogotá, o LH542 foi instruído a voar para a posição MANGA. A controladora de Cali fez o início da chamada em um inglês muito bom, porém falou a palavra manga em espanhol, um hábito comum para quem não cresceu em países de língua inglesa.

E isso foi o necessário para começar uma grande confusão: o Lufthansa não compreendeu o nome da posição e pediu diversas vezes para a controladora repetir, sem ser atendido. Finalmente a controladora compreende e soletra no alfabeto fonético a palavra manga. Mas o LH542 não consegue localizar de início a posição no seu computador de voo, e não é compreendido ao tentar explicar para a controladora.

Ouvindo a situação, o Avianca Brasil 852 procedente de São Paulo, que também estava alternando de Bogotá para Cali, oferece ajuda e explica a situação para a controladora em inglês. Logo após, o Avianca 024 também se soma à causa e faz uma ponte em espanhol. Veja abaixo o vídeo da gravação na íntegra:

Com informações e dados do Aviation Herald.




Lufthansa estaria considerando o Boeing 787 em nova compra

Lounge da Lufthansa para animais completa 10 anos em Frankfurt

American irá voar para Brasília com o Boeing 737 MAX

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos