Lufthansa irá retirar Boeing 747-400 de serviço no Brasil

Os dias do mais clássico dos Jumbos de passageiros está contado no Brasil: a Lufthansa irá retirar o Boeing 747-400 de operação no país.

O voo entre Frankfurt e Rio de Janeiro será operado a partir do dia 29 de março de 2020 com o também quadrimotor Airbus A340-300. A princípio a mudança é permanente e marca o fim das operações regulares de passageiro do 747-400 no Brasil, que agora contará apenas com voos cargueiros do 400F da Cargolux, KLM Cargo, Martinair Cargo, Atlas Air e Turkish Airlines (ACT).

Isso também significa uma redução de 24% na oferta de assentos: o Boeing 747-400 transporta até 371 passageiros ante 279 do A340-300.

Airbus A340-300 da Lufthansa

Com isso a Lufthansa manterá uma operação bastante diversa no Brasil: para São Paulo o 747-8i continua mantido na rota para Frankfurt e em breve o A350-900 para Munique, marcando um tipo de cada equipamento de longo-curso da empresa.

Sendo assim a partir do dia 29 de março o voo LH500 será operado pelo Airbus A340-300 com decolagem da Alemanha às 17h15 e chegando na capital carioca às 05h30. O voo de retorno LH501 sai do Rio às 21h35 pousando em Frankfurt às 09h20.

As passagens com o novo equipamento já estão a venda no site da Lufthansa.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos