Lufthansa anuncia que São Paulo será uma das 7 cidades no mundo com voos especiais de repatriação

São Paulo, principal destino do Lufthansa Group na América do Sul, será uma das sete cidades no mundo que continuará sendo servida por voos de repatriamento operados pela Lufthansa.

Avião Boeing 747 Lufthansa

A empresa anunciou hoje que, no período entre 30 de março e 19 de abril de 2020, manterá três frequências semanais (as partidas de São Paulo acontecerão às segundas-feiras, quintas-feiras e sábados) com destino a Frankfurt.

Entre o presente momento e o dia 29 de março de 2020, a Lufthansa confirma sua operação regular de voos diários entre São Paulo e Frankfurt.

Mesmo assim, a companhia solicita que passageiros sempre consultem o estado atualizado de seus voos antes de se dirigirem ao aeroporto através do site lufthansa.com ou do aplicativo da Lufthansa. É importante ressaltar que os voos estão sujeitos à demanda e às determinações governamentais.

Além de São Paulo, a Lufthansa servirá os seguintes destinos intercontinentais em uma frequência de três vezes por semana, todos eles partindo de Frankfurt: Newark e Chicago (ambos nos EUA), Montreal (Canadá), Bangkok (Tailândia), Tóquio (Japão) e Joanesburgo (África do Sul).

No que concerne aos voos dentro da Europa, a Lufthansa manterá cerca de 40 voos diários partindo de seus hubs em Frankfurt e Munique. 

Já a Swiss International Air Lines, também pertencente ao Lufthansa Group, irá oferecer voos de repatriamento entre Newark (EUA) e Zurique (Suíça) três vezes por semana, além de uma rede reduzida de voos intraeuropeus.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Comentários estão fechados.