Luftwaffe encomenda jatos Airbus A321LR que serão hospitais voadores

Airbus A321LR Luftwaffe

A Força Aérea Alemã, Luftwaffe, anunciou que fechou um acordo para a compra de dois novos jatos Airbus A321LR, que poderão servir como hospitais voadores, segundo divulgou o portal AeroTelegraph. O acordo foi firmado com a Lufthansa Technik, subsidiária de manutenção da companhia aérea Lufthansa, que será responsável pela configuração interna especial da aeronave.

O Airbus A321LR é a versão de longo alcance do novo A321neo, sendo equipado com tanques extras e alcance de até 7.400 km. Será um jato essencial para as missões no exterior.

As aeronaves que irão chegar em agosto e outubro do próximo ano, poderão ser configuradas como hospital aéreo, missão já desempenhada pelo A310, que foi reativado a pouco tempo atrás para ajudar nos esforços contra o coronavírus.

Outra missão que pode ser executada é o transporte de tropas, em conjunto com a enfermaria, sendo que o jato poderá levar até 136 passageiros mais seis UTIs ou 163 passageiros e 12 camas para os pacientes.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Aeroporto de Frankfurt-Hahn, na Alemanha, pede falência

0
De acordo com o diretor de operações, os papéis foram apresentados na última terça-feira,, no Tribunal Administrativo de Bad Kreuznach.