O maior aeroporto cargueiro do Brasil vai dando adeus ao trijato MD-11, veja imagens

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

O último aeroporto brasileiro vai dando adeus nesta semana aos voos regulares do clássico avião trimotor McDonnell Douglas MD-11, e trazemos a você uma galeria completa de mais de 30 imagens para registrar esta despedida especial.

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), o mais movimentado do país em número de grandes aviões puramente cargueiros, batizou nesta manhã de segunda-feira, 28, com jatos d’água dos caminhões do Corpo de Bombeiros, o MD-11F de matrícula D-ALCI, da Lufthansa Cargo, em cerimônia para marcar o fim das operações regulares, que acontecerá na próximo dia 31 de dezembro.

O trijato pousou às 09:21 no voo de número LH-8264, proveniente de Frankfurt, base da companhia aérea na Alemanha, tendo feito escala em Dakar, no Senegal, parada bastante comum nestes voos em função da impossibilidade de fazer a ligação direta quando bastante carregado com carga.

O MD-11F chegando hoje a Campinas – Imagem: FlightRadar24

O D-ALCI na pista de Viracopos ao chegar

Entrando na posição M07 do pátio

Após o pouso, acompanhamos o processo de descarregamento da carga proveniente da Europa para o Brasil, além do carregamento da carga a ser enviada à Argentina, uma vez que o MD-11F depois partiu rumo a Buenos Aires, indo também na sequência a Montevidéu, no Uruguai.

Veja na foto e nos vídeos a seguir o procedimento.

Durante a preparação para a decolagem, conversamos com os três pilotos que voariam a aeronave e, ao perguntarmos sobre alguma ação especial na partida, o comandante disse que avaliaria o que seria possível fazer, deixando no ar uma expectativa especial.

Os três pilotos e um técnico da Lufthansa logo antes de embarcarem

Cockpit do MD-11F

Poltronas localizadas logo atrás do cockpit

Galley do MD-11F, logo atrás do cockpit

Interior da fuselagem, carregada e pronta para partir

O comandante fazendo a verificação externa antes da partida

Na saída do pátio, o comandante fez um aceno pela janela e, durante o processo de tratoramento para a taxiway (o chamado ‘pushback’), ocorreu o batismo de jatos d’água.

Apesar da cerimônia oficial de despedida (feita hoje em função do último voo ocorrer na véspera de ano novo), o clássico modelo da frota da Lufthansa ainda aparecerá em Viracopos mais uma vez hoje, segunda-feira, quando retornar do Uruguai no fim do dia para depois partir à Europa.

Depois, no último dia deste ano de 2020, aparecerá novamente em mais uma operação na mesma rota de hoje, antes de ser enfim substituído a partir dos primeiros dias de janeiro pelo maior e mais moderno avião Boeing 777F.

Finalmente chegado o momento da decolagem, o MD-11F acelerou rápido, levantou pouco depois do meio da pista 33 de Viracopos e, durante sua subida inicial, o piloto executou o típico balanço de asas para um ‘tchauzinho’ de despedida.

O último voo no dia 31 encerrará uma longa história de mais de duas décadas de operações regulares do trijato no Brasil. Embora ainda possa voltar algum dia em operações de outras companhias aéreas, seu aparecimento vai ficando cada vez mais improvável em decorrência de sua substituição pelos aviões de gerações mais recentes.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Apresentada versão ainda melhor dos motores GTF dos aviões da família...

0
A Pratt & Whitney revelou nesta quinta-feira, 2 de dezembro, a nova versão GTF Advantage de seu motor para aeronaves de corredor único.