Maior operadora de jatos Embraer ERJ-145 no mundo irá fechar as portas

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

ExpressJet (Divulgação)

A maior operadora de jatos Embraer ERJ-145 no mundo irá fechar as portas em breve, como consequência da crise gerada pelo coronavírus, se tornando uma “vítima” de grande relevância da pandemia e um revés para a Embraer, que perde uma promotora de seus aviões nos EUA.

A ExpressJet é uma empresa aérea tercerizada e que presta serviços como subsidiária da United Airlines sob a marca de sua divisão regional, a United Express. Ela também é a maior operadora de jatos ERJ-145, sendo que, antes da pandemia, contava com 89 jatos do modelo na frota, e já tinha recebido alguns dos 36 aviões adquiridos da Trans States Airlines, depois que a última fechou as portas em abril passado.

Agora, a ExpressJet terá o mesmo destino, já que a United decidiu cancelar o contrato com a regional por não enxergar um retorno da demanda num horizonte de alguns anos. Como a ExpressJet só operava voos para a United Express, ela ficou sem cliente e não conseguirá outro contrato nesse momento delicado para o setor, decidindo assim por encerrar as operações.

A notícia foi enviada para os funcionários na noite de ontem e vista pelo AEROIN. Segundo o e-mail interno, todas as operações serão consolidadas na concorrente CommutAir, que conta com 37 jatos também do modelo Embraer ERJ-145 No entanto, não se sabe ainda se a CommutAir irá absorver parte da frota e pessoal da ExpressJet, se tornando a única operadora do ERJ-145 sob a marca United Express.

A ExpressJet foi fundada em 1986 e empregava em torno de 3 mil pessoas, com bases de tripulantes em Chicago, Cleveland, Houston, Newark e Knoxville.

Por falar em ERJ-145, a última unidade deste popular jato brasileiro, que foi um game-changer para a Embraer, saiu recentemente da fábrica e nós contamos essa história. Veja abaixo!

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias