Início Variedades Mais de 30, incluindo tripulantes, são diagnosticados com COVID-19 após um voo

Mais de 30, incluindo tripulantes, são diagnosticados com COVID-19 após um voo

Em meio à pandemia do coronavírus, números assustadores de infectados em um único voo infelizmente têm ocorrido em algumas ocasiões, mesmo diante de obrigatoriedade de resultado negativo de teste para embarcar.

Boeing 787-8 da Air India – Imagem: Anna Zvereva / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Em uma matéria recente publicada no AEROIN, por exemplo, foi constado em um único voo o total de 47 passageiros infectados pela Covid-19, somando então um novo recorde de infecções em voos partindo da Índia. Meses antes, também vimos o maior número de infectados do mundo em um único voo, quando cerca de 49 passageiros chineses, que estavam esperando uma conexão para Xangai, foram testados positivo para o novo Coronavírus.

E agora, a Índia, que vem sofrendo e enfrentando sérias dificuldades em meio a uma segunda onda devastadora de infecção pela COVID-19, com recordes de mortes, novamente virou destaque, quando registrou um voo onde 12% de todos os passageiros a bordo foram diagnosticados como infectados pelo vírus causador do coronavírus.

O novo caso aconteceu na última quinta-feira, dia 28 de abril, no voo de número AI505 da Air India, que foi operado pelo Boeing 787-8 registrado sob a matrícula VT-AND. A aeronave havia partido de Amritsar, cidade a noroeste da Índia, para Roma, na Itália, com 242 pessoas a bordo.

Dessas 242 pessoas, trinta passageiros e dois tripulantes, incluindo o comandante do voo e o comissário de bordo sênior, testaram positivo para a COVID-19 ao desembarcarem na Itália, mesmo apresentando obrigatoriamente teste RT-PCR com resultado negativo para poder realizar o voo.

Conforme relatado pelo Paddle Your Own Kanoo, após a descoberta todos os passageiros que estavam a bordo do voo foram colocados em quarentena obrigatória em hotel e terão que realizar mais testes antes de deixar o isolamento.

Até o momento, sete comissários de bordo e o primeiro oficial, já realizaram o segundo teste e apresentaram resultados negativos pela segunda vez. O comandante e os comissários ainda permanecem em isolamento.

Relembre a seguir os outros casos reportados:

Sair da versão mobile