Início Empresas Aéreas Mais 4 aviões estão indo embora da South African ao mesmo tempo...

Mais 4 aviões estão indo embora da South African ao mesmo tempo agora, acompanhe

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Após aprovação, na semana passada, do plano de reestruturação da South African Airways, que levará a um expressivo encolhimento da tradicional companhia aérea da África do Sul, sua frota segue sendo desmantelada em meio ao fim dos diversos contratos de arrendamentos.

A empresa precisará de uma estrutura 90% menor do que antes para se manter viva, resultando em cortes de 80% da força de trabalho, para que a aérea “renasça” com apenas 1.000 funcionários. Com isso, o plano proposto e aprovado define que a FAA retomará os voos ainda este ano com apenas seis aeronaves de corpo estreito (“narrowbody”).

Diante disso, nesta quarta-feira, 22 de julho, mais quatro aviões estão indo, ao mesmo tempo, para um aeroporto de estocagem na França.

Segundo dados do site de rastreamento FlightRadar24, dois Airbus A330 decolaram de Joanesburgo na manhã de hoje, e outros dois Airbus A320 decolaram de Accra poucas horas depois, todos com destino ao aeroporto da cidade de Nimes, localizada próxima ao litoral sul da França.

Os quatro aviões da SAA voando hoje para Nimes – Imagem: FlightRadar24

O primeiro dos quatro aviões, o A320 registrado sob a matrícula ZS-SZF, tem previsão de chegada às 11:00, enquanto o último deles, o A330-300 de matrícula ZS-SXK, chegará cerca de uma hora depois, por volta do meio-dia (ambos horários de Brasília). Entre eles, as outras duas aeronaves são o A320 e o A330-330 de matrículas ZS-SZH e ZS-SXI, respectivamente.

Recentemente, já havíamos acompanhado quatro Airbus A340-600 da SAA que vieram ao mesmo tempo ao Brasil em seu deslocamento de devolução até os Estados Unidos (clique aqui para relembrar), e até mesmo o mais moderno avião da companhia, o A350, foi enviado para o deserto (reveja clicando aqui).

Triste de se ver, mas torcemos para que resulte em um renascimento saudável da histórica empresa aérea africana.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Sair da versão mobile