Mais uma companhia aérea nasce em meio à crise e já apresenta seu 1º avião

Mesmo em meio a uma pandemia que tem afetado diretamente o setor aéreo e a demanda de voos regulares de passageiros há mais de um ano, surge uma nova companhia aérea especializada em voos charter e acordos de locação com tripulação.

Imagem/Ilustração: ETF Airways

O primeiro avião da ETF Airways, um Boeing 737-800 de 189 lugares, foi apresentado ao público no aeroporto de Pula, na Croácia, no sábado, 29 de maio. A segunda aeronave com a mesma configuração deve chegar no início de junho.

A nova companhia de bandeira croata operará duas aeronaves nesta temporada, mas há negociações em andamento sobre a aquisição de uma terceira em 2022. A companhia aérea prevê expandir sua frota para sete aeronaves até 2025.

“O mercado teve uma recuperação rápida depois que a pandemia diminuiu na primavera”, disse o CEO da ETF Airways, Stjepan Bedić. “A demanda por nossos serviços fora da Croácia tem crescido além das expectativas. Ficamos até um pouco surpresos, mas temos uma grande equipe que aceitou o desafio e preparou a empresa para sua primeira temporada operacional com dois aviões Boeings. É a primeira vez nas últimas três décadas que uma aeronave Boeing entra no mercado regional”, destaca Bedić.

A ETF Airways é administrada por três especialistas experientes que também são membros de seu conselho de administração: Stjepan Bedić, Marko Banković e Dragan Stefanovski. 

Os principais investidores da empresa e membros do conselho de supervisão são os aclamados especialistas financeiros de longa data Ratko Bajakić e Zdenko Adrović. Velimir Šonje, outro economista aclamado, é o vice-presidente do conselho fiscal e também um investidor.

Ratko Bajakić, presidente do conselho de supervisão, disse que a perturbação do ano passado no mercado de aviação criou algumas novas oportunidades, que o fizeram apoiar a ETF Airways com capital do seu ICF (Investment Capital Fund): “A aviação civil é um negócio muito exigente em termos de capital e, em tempos normais, entrar em um mercado tão competitivo não é fácil.

No entanto, as condições para o aluguel de grandes aviões relaxaram repentinamente depois que a maior parte da frota global foi imobilizada. Conseguimos negociar condições de arrendamento muito boas, o que é um trampolim para uma maior expansão dos negócios. Acreditamos ter a melhor gestão e colaboradores dedicados e motivados que, apoiados pelos investidores, cumprirão o ambicioso plano de negócios da empresa.”

A ETF Airways não será uma transportadora regular. O seu negócio é orientado para voos charter e acordos de locação com tripulação (fornecendo voos para outras empresas): “As pequenas empresas acham quase impossível competir com gigantes como a Ryanair ou a Lufthansa”, disse o membro do conselho de administração Marko Banković. “Mas o mercado tem muitos nichos, alguns deles ligados ao turismo, com muito espaço para empresas como a nossa.”

A empresa já assinou seu primeiro contrato permanente – conectando destinos da União Europeia (UE) com os países não pertencentes à UE do sudeste da Europa. O fato de a ETF Airways iniciar as suas operações fora da Croácia não significa que não se tornará uma ligação aérea importante para a Croácia.

“O mundo é grande, mas somos principalmente uma empresa croata”, disse Velimir Šonje. “Compreensivelmente, a pandemia e o foco nos turistas que dirigem veículos impedem os investimentos no desenvolvimento de conexões aéreas com mercados geradores de turismo mais remotos, como o norte da Europa, Rússia ou Israel, mas os aviões fretados são insubstituíveis como rodovias aéreas e temos certeza de que novos mercados e novas conexões aéreas para passageiros com maior poder aquisitivo continuarão sendo abertos nos próximos anos.”

Eles podem estender a temporada turística e, assim, fortalecer o turismo da Croácia. Somos um parceiro natural para grandes operadoras de turismo, proprietários de hotéis e destinos com estratégias avançadas de desenvolvimento turístico. Por isso, tenho a certeza que nos próximos anos abriremos novos mercados e geraremos novos valores em conjunto, contribuindo assim para a evolução do turismo croata para uma indústria turística de maior valor agregado. Estamos prontos”, disse Šonje.

Um vídeo publicado no YouTube, mostra a entrega da aeronave no Aeroporto de Pula, na Croácia, bem como seu batismo. Veja abaixo:

Com informações da ETF Airways

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias