Mau cheiro faz piloto desmaiar próximo ao pouso em Airbus A320 da British

Um comandante da British Airways declarou emergência quando se aproximava para o pouso depois que o primeiro oficial (co-piloto) desmaiou devido a um forte odor no cockpit.

Avião Airbus A320 British Airways
Imagem: Beata May [CC]

Segundo informações do The Avition Herald, a aeronave envolvida foi o Airbus A320 registrado com a matrícula G-EUYM, realizando o voo de número BA-633 de Atenas (Grécia) para Londres Heathrow (Reino Unido).

O jato estava na aproximação final da pista 27R de Heathrow a cerca de 4 milhas náuticas (7,4 km) do pouso quando o comandante vestiu sua máscara de oxigênio e declarou “Mayday, Mayday” (chamado máximo de perigo iminente de vida), mas avisando que continuaria a aproximação.

A aeronave pousou em segurança na pista 27R cerca de 2 minutos depois.

FlightRadar24 Co-piloto Desmaio A320 British
Voo BA633 do dia 3 de janeiro – Imagem: FlightRadar24

O que ocorreu no cockpit

Ao se aproximar de Heathrow, o comandante notou um odor de “meias velhas e sujas”, mas o primeiro oficial, que era quem pilotava a aeronave naquele momento, não sentiu nada.

O comandante acreditou que o odor estava se dissipando, mas de repente o primeiro oficial começou a respirar pesadamente, caiu para a frente e não respondeu mais às perguntas do companheiro de cockpit.

O comandante assumiu os controles, vestiu sua máscara de oxigênio, declarou Mayday, configurou a aeronave para pouso e concluiu o procedimento com segurança. Após o desembarque, sob atendimento da equipe médica, o primeiro oficial se recuperou.

Na data de ontem, 6 de janeiro de 2020, a companhia aérea emitiu uma declaração: “O comandante pousou a aeronave com segurança e os clientes desembarcaram normalmente. Como o primeiro oficial estava se sentindo mal, ele foi atendido por um paramédico do aeroporto como uma precaução, antes de voltar para casa”.

Segunda ocorrência em 2 meses

A ocorrência da semana passada é praticamente idêntica a outra que aconteceu no final de novembro passado, também com um Airbus A320 da British Airways.

Porém, no caso anterior, a situação foi ainda mais crítica, pois ambos os pilotos estiveram a ponto de desmaiar no cockpit devido ao mau cheiro. Confira os detalhes na matéria a seguir, ou clicando aqui.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.