Início Acidentes e Incidentes Mesmo Embraer 195 volta a indicar porta aberta em voo entre Confins...

Mesmo Embraer 195 volta a indicar porta aberta em voo entre Confins e Campinas

Embraer 195 igual ao envolvido na ocorrência

Outro incidente de indicação de porta aberta com uma mesma aeronave foi reportado ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) em um voo da Azul Linhas Aéreas da semana passada.

Segundo os dados do CENIPA, a ocorrência aconteceu com o Embraer 195 registrado sob a matrícula PR-AUO, que estava realizando voo de Confins, em Minas Gerais, para Campinas, interior de São Paulo, no dia 23 de julho.

O avião em questão decolou do Aeroporto Internacional de Confins – Tancredo Neves por volta das 18h28 (horário local) para realizar o voo de número AD2800, levando a bordo 5 tripulantes e 115 passageiros.

Durante a fase de subida da aeronave, no entanto, a aeronave apresentou para os pilotos uma indicação de porta 2R aberta, o que significa uma possibilidade de ela não estar corretamente travada ou de uma falha no sensor que identifica o fechamento/travamento da mesma.

Os dados do CENIPA descrevem que a tripulação nivelou o jato a 30.000 pés (pouco mais de 9.000 metros) e iniciou os procedimentos de consulta ao Manual de Referência Rápida (QRH – Quick Reference Handbook) do Embraer 195.

Após a consulta ao QRH, a decisão dos pilotos foi por descer a aeronave para os 10.000 pés (cerca de 3.000 metros) e prosseguir com o voo até o destino, sem declarar emergência e, devido à redução de altitude, sem o uso de máscaras de oxigênio por parte da tripulação e dos passageiros.

Os dados abaixo registrados pela plataforma RadarBox mostram a trajetória da aeronave, desde a decolagem até os 30 mil pés, prosseguindo com a descida aos 10 mil pés e a continuidade para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

Após pouco mais de uma hora de voo, o Embraer 195 realizou um pouso pela pista 15 do aeroporto campineiro, sem mais intercorrências.

Este é o segundo incidente com o PR-AUO em pouco mais de uma semana. No último dia 14, a mesma aeronave decolou também de Confins e, também durante a fase de subida, os pilotos receberam uma indicação de porta aberta, optando por retornar a Confins. Relembre o incidente clicando aqui ou no título logo abaixo.

Leia mais: