Metade dos assentos dos aviões da LATAM foram ocupados em abril

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Airbus A321 LATAM Airlines
Airbus A321

O Grupo LATAM Airlines e suas filiais informaram nessa segunda-feira (11) as estatísticas preliminares de tráfego relativas a abril de 2020, incluindo o comparativo com o mesmo mês de 2019.

Tanto a demanda de passageiros quanto a oferta de assentos diminuíram profundamente, respectivamente em 96,6% e 94,3%. Com isso, a taxa de ocupação para o mês diminuiu 33,3% em relação a 2019, saindo de 83,3% 50,0%, ou seja, em média apenas metade dos assentos dos aviões foram utilizados, mesmo com a grande diminuição de voos.

Comparativamente falando, os números da Azul, também divulgados nessa segunda-feira, mostraram uma redução de oferta de 87,7% (frente aos 94,3% da LATAM), porém com a ocupação ficando em 69,8% no mercado nacional e 64% no internacional (frente aos 50% gerais da LATAM).

O tráfego internacional de passageiros representou, aproximadamente, 38% do tráfego total de passageiros do grupo chileno em abril.

Tabela Dados Operacionais LATAM Abril 2020
Tabela: LATAM

Nos dados do mercado de carga, a ocupação teve uma importante subida de 56,0% para 74,8%, uma vez que a parada da frota levou a menos aviões da companhia transportando pacotes em seus porões inferiores (a oferta de transporte de carga da LATAM caiu 49,1%).

Mesmo assim, a quantidade de carga transportada teve queda, resultando em importante redução de 32,0% de abril de 2019 para 2020.

Informações oficiais da LATAM

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Comentários estão fechados.