Ministro Argentino: “Não temos intenções de privatizar a Aerolíneas”

O Ministro do Transporte da Argentina, Guillermo Dietrich, confirmou que o governo de Maurício Macri não tem intenção de privatizar a aérea de bandeira Aerolíneas Argentinas. “Ela não irá desaparecer, mas como também dobrou o número de passageiros” declarou o ministro.




Guillermo defendeu a administração da empresa, que mudou após a eleição de Macri. “Hoje as tarifas são mais baratas, nós temos mais aeronaves, mais rotas, melhor serviço ao cliente, melhor pontualidade e precisa de menos dinheiro (para rodar) do que antes”.

O ministro declarou que um time eficiente na administração não faz seja necessário a privatização da aérea. “Nós provamos que oposto da privatização pode funcionar. O governo Kirchner insistiu que a companhia deveria fazer um trabalho social para compensar os $5 bilhões de dólares em subsídios, mostramos que esta premissa era falsa.”

“Antes da mudança de administração as perdas anuais eram de $700 milhões de dólares, hoje a média anual é de apenas $90 milhões. Então precisamos reconhecer que a visão antiga de um desastre mudou para uma de crescimento e otimismo nos dias de hoje” concluiu Guillermo.

Com informações do portal Aviator

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos