Modern Logistics quer trazer ao Brasil aviões ATR-72F e planeja expansão internacional

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Com foco em oferecer um produto para empresas focado na logística integrada usando aeronaves, a Modern Logistics já opera há quatro anos e hoje tem uma frota de quatro jatos Boeings 737 clássicos, sendo dois 737-300 e dois 400. No entanto, os planos de longo prazo da empresa preveem uma diversificação dessas capacidades.

Desde o início das operações, em 2017, a empresa previa em seu plano de negócios a operação não apenas de jatos, mas também de turboélices ATR-72 cargueiros, que acessariam mercados que não poderiam ser explorados pelos Boeings. Apesar desse plano não ter sido comentado nos últimos anos, a empresa ainda almeja a diversificação de frota, além da modernização da atual.

Foi o que informou ao canal ASA do YouTube, o vice-presidente da Modern Logistics, Adalberto Febeliano, falou sobre tais planos ao jornalista e piloto de linha aérea Robert Zwerdling.

Indagado sobre o futuro da frota e os planos da empresa, Febeliano disse: “Nosso foco deve continuar sendo o 737. Nós pretendemos, ao longo do tempo, mudar do 737 clássico para o Next Generation (NG) 800, eventualmente o 700. Eles têm mais volume, são aviões com melhor performance, podem decolar com mais carga. Então, são aviões bastante interessantes”.

E ele complementou, falando de planos para os turboélices: “E também olhando nos aviões menores, nos ATRs em particular. O ATR72 para fazer logística aérea em aeroportos de menor porte aonde o Boeing não funcionaria bem. Rotas de menor densidade de carga, onde as 20 toneladas do Boeing seriam muito além da demanda”.

Além da frota, o executivo comentou que a empresa está planejando a operação em outros mercados, especialmente na América do Sul, onde a empresa imagina que haja potencial de operar cargas de conexão, dado o potencial da economia brasileira.

Ele ainda falou de mais aviões e contração de pilotos. Assista à entrevista no canal ASA, abaixo:

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Aviões Embraer da Alitalia terão peças reparadas e fornecidas pela AerFin

0
A companhia italiana segue a todo vapor utilizando os aviões Embraer na volta da demanda aérea em meio à recuperação da pandemia.