Início Empresas Aéreas Por não uso, MAP Linhas Aéreas perde metade dos seus slots em...

Por não uso, MAP Linhas Aéreas perde metade dos seus slots em Congonhas

Nesta terça-feira (1/9) a Diretoria Colegiada da ANAC decidiu pela retirada de seis slots (horários de pouso e decolagens) da empresa MAP Linhas Aéreas no Aeroporto de Congonhas (SP).

Os slots retirados são os da temporada de Inverno (W20), que vai de outubro de 2020 a março de 2021.

Em votação unânime, os diretores confirmaram a posição da área técnica, que aplicou os critérios de pelo menos 90% de regularidade no uso dos horários, conforme previsto na Resolução nº 338/2014.

Os slots retornam para o banco da ANAC e serão alocados posteriormente.

Histórico da distribuição de slots em Congonhas

Em agosto de 2019 a empresa MAP Linhas Aéreas foi uma das empresas contempladas pela redistribuição dos slots da Avianca em Congonhas, passando a obter o direito de operar 12 horários de pousos e decolagens. Mais informações em: https://www.anac.gov.br/noticias/2019/alocacao-de-slots-em-congonhas-e-definida.

Vale lembrar que em março a ANAC suspendeu as regras dos slots, porém só são válidos para a temporada atual (S20). No caso a MAP não cumpriu a utilização dos slots da temporada W19 que foi de 25 de outubro de 2019 até 13 de março, quando se iniciou a suspensão das regras por causa da Pandemia do Coronavírus.

Informações da ANAC