Início Estudos e Pesquisas NASA define parceiros para voos do supersônico silencioso X-59 sobre comunidades

NASA define parceiros para voos do supersônico silencioso X-59 sobre comunidades

Avião X-59 – Imagem: NASA

A agência aeroespacial americana NASA fechou um contrato com a Harris Miller Miller & Hanson Inc. (HMMH), de Burlington, Massachusetts (EUA), para apoiar uma campanha nacional de testes de sobrevoo da comunidade usando a aeronave de pesquisa da agência X-59 Quiet SuperSonic Technology (Tecnologia Supersônica Silenciosa).

Este contrato, que inclui custo + taxa fixa e entrega indefinida / quantidade indefinida, tem um valor potencial máximo de aproximadamente US$ 29 milhões com um período de oito anos de performances.

Além da HMMH, outros subcontratantes significativos incluem:

– Westat Inc. de Rockville, Maryland;
– Blue Ridge Research and Consulting LLC de Asheville, Carolina do Norte; e
– EMS Brüel & Kjær Inc. de Folsom, Califórnia

A NASA está projetando e construindo a aeronave de pesquisa X-59 – um avião X supersônico pilotado de um único assento – com tecnologia que reduz o volume de “estrondo sônico” para o de um “baque suave”.

Em termos técnicos, a agência descreve que o baque sônico será de cerca de, ou inferior, a 75 decibéis, ou algo como “a batida da porta de um carro a 6 metros de distância”.

Posição do X-59 na escala de ruído – Imagem: NASA

Os pesquisadores aeronáuticos de inovação da NASA estão liderando uma equipe governamental e industrial para coletar dados que poderiam permitir o voo supersônico sobre área de terra, reduzindo drasticamente o tempo de viagem dentro dos Estados Unidos ou para qualquer lugar do mundo.

O escopo do trabalho sob este contrato inclui o apoio da NASA no planejamento, execução e documentação da fase três da missão de demonstração de voo de baixo estrondo da agência.

A NASA está trabalhando atualmente com a Lockheed Martin Skunk Works, de Palmdale, Califórnia, para projetar, construir e conduzir testes de voo iniciais da aeronave de pesquisa X-59 como parte da fase 1 da missão.

Imagem: NASA

Imagem: NASA

Depois, nas fases 2 e 3 a equipe trabalhará para provar, respectivamente, o X-59 em voo e em sobrevoo a comunidades.

O X-59 e o cronograma dos testes

Quando totalmente montado, o X-59 terá 30,39 metros (99,7 pés) de comprimento, 8,99 metros (29,5 pés) de largura, e irá cruzar em uma altitude de 16,7 quilômetros (55.000 pés) enquanto se move a uma velocidade de Mach 1,4 ou 1490 km/h (925 milhas por hora).

Imagem: NASA

Por meio de uma série de testes de voo em 2022, a NASA e a Lockheed Martin trabalharão juntas para provar que o X-59 tem o desempenho projetado e é seguro para voar nos EUA.

Após esses testes, a NASA realizará uma série de voos de validação para demonstrar o funcionamento silencioso da tecnologia supersônica e os sons sônicos serão ouvidos no solo, conforme o esperado.

Em 2024, a NASA começará a voar com o X-59 sobre várias comunidades (ainda a serem selecionadas) e solicitará aos residentes informações sobre os ruídos sônicas que eles podem ou não ouvir.

Essas informações serão fornecidas à Federal Aviation Administration (FAA) e aos reguladores internacionais para uso na consideração de novas regras que permitiriam o voo supersônico comercial sobre terra.

Com informações da NASA

Sair da versão mobile