Nevasca força United Airlines a voar Boeing 787 de São Paulo para o Rio

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A forte nevasca que cobre 70% do território americano acabou afetando as operações da United Airlines, que teve que colocar um Boeing 787 para voar entre São Paulo e Rio de Janeiro.

Avião Boeing 787-9 Dreamliner United Airlines
Imagem: Eric Salard / CC BY-SA 2.0

O estado do Texas, normalmente conhecido pelas altas temperaturas, clima desértico e ranchos de rodeio, mudou de cara e tem amanhecido totalmente branco de neve nos últimos dias. A nevasca é a mais forte das últimas décadas e chegou até a atingir alguns pontos do México. E, exatamente por não estarem acostumado com esse tipo de clima, os texanos, inclusive a United Airlines que tem uma base operacional em Houston, foram pegos de surpresa.

Além da generalizada falta de energia no estado, também faltou água nos dois aeroportos de Houston, o Hobby e o George Bush Intercontinental. Este último teve restabelecido o fornecimento na tarde de ontem (17), já o Hobby ainda está sem água, tudo por causa da neve que afetou as bombas da cidade.

Com o aeroporto praticamente fechado, sem decolagens e pousos, a United foi fortemente afetada e, para não cancelar um voo saindo do Rio, teve que fazer um “malabarismo”.

A chamada “rota do petróleo”, que liga as duas cidades mais importantes do setor de óleo e gás do Brasil e dos EUA, Rio de Janeiro e Houston, respectivamente, não viu os voos saindo do Texas nos dias 14 e 16, por causa da nevasca.

Os Boeings 767-300ER que fariam a rota ficaram presos em Houston, e o voo saindo de lá (UA129) foi cancelado. Com isso, o voo UA128 dos dias 15 e 17 saindo do Rio também não foram realizados, já que o avião não veio dos EUA.

Para contornar a situação, a United aproveitou que um Boeing 787-9 Dreamliner estava em São Paulo parado, exatamente por não conseguir decolar para Houston, e o transladou para o Rio, para então cumprir um voo extra para o Texas.

Histórico do voo São Paulo – Rio | FlightRadar24

De matrícula N26970, o Boeing 787-9 Dreamliner voou praticamente em linha reta do Aeroporto de Guarulhos para o Galeão na noite passada, e depois assumiu o voo UA2836 para o Texas.

Essa é uma rota que há muito tempo não se fazia, mas que no passado era “frequente”, já que muitas empresas faziam voos triangulares vindos do exterior, e que passavam nas duas maiores cidades brasileiras. A própria United fazia voos para o Brasil terminando no Rio com uma escala em São Paulo.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Boeing 737-800 da Gol inicia um longo voo com destino à...

0
Como adiantamos com exclusividade na semana passada, a Gol Linhas Aéreas acaba de enviar o Boeing 737-800 de matrícula PR-GTN