Início Variedades Nigéria proíbe viajantes saindo do Brasil de entrarem no país devido à...

Nigéria proíbe viajantes saindo do Brasil de entrarem no país devido à Covid-19

Com o avanço das novas variantes da COVID-19 e em meio à preocupação com a disseminação do novo coronavírus, a Nigéria decidiu proibir a entrada de passageiros chegando do Brasil.

Imagem: Chad Davis / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Segundo Boss Mustapha, presidente do Comitê de Direção Presidencial da COVID-19, as diretrizes específicas dizem que qualquer pessoa que tenha visitado o Brasil, Índia ou Turquia dentro de quatorze dias antes da viagem para a Nigéria não terá autorização para adentrar ao país.

A decisão teve como base uma avaliação de risco que levou em consideração a epidemiologia dos casos, prevalência de variantes preocupantes e volume médio de passageiros entre a Nigéria e cada país, entre outros indicadores.

A implementação da proibição das viagens entrou em vigor hoje, 4 de maio, e valerá por um período de 4 semanas, devendo ser revisado somente após este prazo. O novo regulamento, no entanto, descreve que “não se aplica aos passageiros que transitaram” pelos três países, ou seja, pessoas em voos com conexões através dos países são autorizadas a entrar na Nigéria.

Conforme o Comitê, as companhias aéreas serão obrigadas a pagar uma multa de US$ 3.500 dólares (cerca de R$ 19.000 reais) para cada passageiro que não cumprir a nova proibição, e arcarão com os custos do retorno do viajante ao país de origem.

Os cidadãos nigerianos e os detentores de autorização de residência que estejam nesses países são permitidos adentrar a Nigéria, porém, devem passar por uma quarentena supervisionada de sete dias em uma instalação selecionada pelo governo, sendo custeada pelo próprio passageiro.

Com informações do Comitê de Direção Presidencial da COVID-19 da Nigéria

Sair da versão mobile