No aeroporto, mulher é vacinada por engano, em vez de fazer o teste da Covid

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

person holding syringe
Foto de Anna Shvets on Pexels.com

Uma mulher de meia-idade acabou passando por uma situação inusitada no aeroporto internacional de Haia, na Holanda, ao ser vacinada por engano. O terminal está sendo usado como um centro de vacinação e de testes da Covid-19 e era esse último procedimento o que a mulher deveria fazer. Mas uma falta de organização alterou seu destino.

O site holandês NL Times informou que a mulher deveria fazer o teste do coronavírus, mas acabou se esquecendo de imprimir o agendamento da consulta e disse não ter certeza do porquê de estar ali, se era pelo teste ou pela vacina. Sem checar os dados dela, como deveria ter sido feito, os funcionários de saúde acabaram encaminhando-a para a fila da vacinação.

O relato conta que, no balcão de registro da sala de vacinas, a mulher deveria ter mostrado a confirmação da consulta que não estava com ela. O recepcionista procurou a confirmação no sistema do computador, mas estava lento e, para não atrasar a fila, a mandou para ser vacinada.

Imediatamente após a mulher receber a injeção e os detalhes serem inseridos no sistema, o erro foi percebido. Mas era tarde demais para voltar atrás.

O serviço de saúde foi questionado e se disse chocado com o que ocorreu, sobretudo porque a mulher furou a fila das prioridades, devido a uma falha de processo. “Se o registro fosse feito com mais cuidado, a vacinação não teria acontecido”, disse um porta-voz.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias