Início Aeroportos No lugar do 737-200 de 41 anos, empresa vem ao Brasil com...

No lugar do 737-200 de 41 anos, empresa vem ao Brasil com um 727-200 de 41 anos

Boeing 727-200F de matrícula HK-5239 – Imagem: Aerosucre

A programação, como acompanhamos mais cedo neste domingo, era de uma visita ao Brasil de um clássico avião Boeing 737-200F de quase 41 anos de operações. Em mais um voo da colombiana Aerosucre aprovado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o modelo da primeira geração da família 737 pousaria novamente em solo brasileiro, da mesma forma que foi feito nas últimas vindas da empresa aérea cargueira.

Mas, após a previsão do “breguinha” escalado no voo, a execução da operação trouxe uma surpresa no final do dia. Às 19h33 de hoje, 17 de outubro, quem foi visto chegando ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foi o não menos clássico Boeing 727-200F de também cerca de 41 anos de serviço.

O Boeing 727 chegando a Campinas no início da noite de hoje – Imagem: FlightRadar24

Apesar da mesma idade, o Boeing 727-200 é um modelo menos raro do que o 737-200, inclusive atualmente operando no Brasil sob as cores da Total Cargo, enquanto já não existe nenhum “breguinha” voando registrado no Brasil há muito tempo.

O trijato de matrícula HK-5239 da foto que ilustra esta matéria, fabricado em 1981 (próximo dos 41 anos), está neste momento no aeroporto de Campinas, onde deve permanecer até a manhã da segunda-feira, 18 de outubro.

Apesar da troca do modelo de aeronave, a Aerosucre está cumprindo o horário previsto, que indicava pouso em Viracopos às 19h15, portanto, para aqueles que moram próximos a Campinas e pretendem acompanhar a partida, há grande possibilidade de que a decolagem também ocorra no horário programado, às 10h00 da manhã.

Sair da versão mobile