Norwegian torna-se a maior estrangeira a operar em Nova York

A Norwegian tornou-se a maior companhia aérea não norte-americana em rotas transatlânticas de e para a área de Nova York, com base no número de passageiros.

A companhia aérea transportou 1,67 milhão de passageiros internacionais de e para três aeroportos de Nova York, de acordo com o relatório de tráfego mais recente da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey, superando a British Airways, que transportou 1,63 milhão.

Avião Boeing 787 Dreamliner Norwegian

787 Dreamliner da Norwegian

Desde o início de 2018, o número de passageiros noruegueses de e para a cidade de Nova York aumentou constantemente. A companhia aérea ultrapassou a Lufthansa e a Emirates, e então tomou o primeiro lugar da British em julho.

A Norwegian opera 16 rotas para a área da cidade de Nova York, atendendo o Aeroporto Internacional John F. Kennedy, o Newark Liberty International e o Aeroporto Internacional de Stewart. Com os voos, liga Nova York com Amsterdã, Barcelona, Belfast, Bergen, Copenhague, Dublin, Edimburgo, Guadalupe, Londres, Madri, Martinica, Oslo, Paris, Roma, Shannon e Estocolmo.

A companhia norueguesa lançou sua primeira rota para Nova York em 30 de maio de 2013 a partir de Oslo, e logo após a partir de Estocolmo em 31 de maio de 2013.




Bjørn Kjos, CEO e fundador da Norwegian, disse que “Os números de passageiro endossam ainda mais a forte demanda por tarifas mais baixas em rotas transatlânticas lucrativas. As tarifas têm sido muito altas por muito tempo, já que as rotas transatlânticas são há muito tempo dominadas por operadoras com modelos obsoletos.”

Bjørn afirma que a Norwegian continuará a abrir suas asas para a “Big Apple” com o terceiro voo diário entre Londres e Nova York JFK a partir de 28 de outubro. “Com novas aeronaves que são as mais eficientes em termos de combustível nos céus transatlânticos, os clientes podem esperar receber uma experiência de voo de alta qualidade de e para Nova York e globalmente, com a principal companhia aérea premium de tarifas baixas.”

 
Informações pelo Aviator.
 

Norwegian considera operar voos domésticos no Brasil

Norwegian chegará ao Rio em 2019 e planeja outros voos a partir da Espanha

Norwegian Argentina inicia venda de passagens e pode receber A321LR


 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.