Norwegian planeja voos para NY com o 737MAX.

Começando no mês de Junho, a Norwegian Air irá voar entre a Irlanda e os EUA com tarifas a partir de $69 dólares (R$215 reais), afirmou o CEO da companhia, Bjørn Kjos.

Em entrevista ao Seattle Times, o CEO disse que a empresa planeja começar os voos para Nova Iorque e outros destinos na costa leste americana a partir da Irlanda ou Escócia.

O CEO esteve em Seattle para uma reunião com executivos da Boeing, que confirmaram que a companhia será a primeira operadora do 737MAX, após uma postergação na entrega dos MAX feita pela Southwest Airlines.

Após três anos e meio no mercado americano, a Norwegian desafiou as grandes companhias aéreas americanas ao oferecer tarifas baixas para voos transatlânticos com o Boeing 787 Dreamliner.

A estratégia de Bjørn é expandir a Norwegian além da Noruega. Ele criou subsidiárias na Irlanda e no Reino Unido para ter vantagem de acordos aéreos entre estes países e o resto do mundo. E com a saída do Reino Unido da União Européia, seria necessário ter uma subsidiária operando na Grã-Bretanha para manter rentabilidade nos voos saindo de Londres.

O novo Boeing 737MAX tem um alcance consideravelmente maior que os 737NG operados atualmente pela Norwegian, possibilitando voos sem escalas entre a Europa e os EUA, e abaixando ainda mais o preço das passagens entre os dois continentes, que atualmente é em torno de $200 dólares, quase a metade do preço nas concorrentes americanas.

A Norwegian deverá receber seis 737MAX este ano e nove 787-9 Dreamliner, e criar mais bases para tripulantes nos EUA além das existentes em Nova Iorque e Fort Lauderdale.

Adaptado do Seattle Times

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos