Nova companhia aérea chama atenção com bonita pintura para seus Boeings 787

Boeing 787 Dreamliner
Imagem: Norse Atlantic Airways

A nova companhia aérea de baixo custo norueguesa Norse Atlantic Airways foi fundada em março deste ano para ocupar uma fatia do mercado abandonada pela Norwegian. Ontem (10), a nova companhia revelou as cores de seus jatos Boeings 787 Dreamliner. A pintura e elementos básicos de sua marca foram desenvolvidos por parte de sua equipe interna e uma agência local, que cuidaram da primeira parte da identidade da companhia aérea.

“Como os nórdicos que viajaram e exploraram o mundo com seus barcos de última geração, a Norse Atlantic Airways dará às pessoas a oportunidade de explorar outros continentes, oferecendo voos acessíveis a bordo de Boeing 787 Dreamliners modernos e mais ecologicamente corretos”, disse o CEO Bjørn Tore Larsen.

A aeronave mantém grande parte de seu corpo na cor banca, com alguns detalhes na parte frontal da fuselagem, como o nome da companhia em azul-marinho. Já na cauda do Dreamliner, a companhia coloca sua logomarca de cor prateada, inspirada no Barco de Oseberg, sobre uma mistura de duas tonalidades de azul.

Boeing 787 Dreamliner
Imagem: Norse Atlantic Airways

Além de exibir sua nova pintura, a companhia fez uma atualização sobre seus planos de lançar operações de longo curso e baixo custo. A empresa acredita que a demanda por viagens transatlânticas estará de volta no final do primeiro trimestre ou início do segundo trimestre e prevê que todos os seus 15 Boeings 787 Dreamliners estarão voando com clientes entre os EUA e a Europa atendendo a destinos como Nova Iorque, Los Angeles, Miami, Londres, Paris e Oslo.

A empresa planeja expandir a rede de rotas para incluir destinos na Ásia à medida que mais Dreamliners entrarem na frota. No entanto, o crescimento será baseado exclusivamente na demanda e na lucratividade.

“Acreditamos fortemente na necessidade de uma nova e inovadora companhia aérea que atenda ao mercado intercontinental de baixo custo com aeronaves modernas, mais ecologicamente corretas e com baixo consumo de combustível à medida que o mundo reabre gradualmente. Nossos planos estão no caminho certo e as operações começarão quando as restrições às viagens forem suspensas e a demanda por viagens transatlânticas estiver de volta”, disse o CEO Bjørn Tore Larsen.

“Com base na situação atual, prevemos que todos os nossos 15 Dreamliners estarão voando com clientes entre a Europa e os EUA no próximo verão. Vamos lançar nossas vendas de passagens aproximadamente três meses antes do primeiro voo e ofereceremos destinos interessantes que provaram ser atraentes”, acrescentou Larsen.

Boeing 787 Dreamliner
Imagem: Norse Atlantic Airways

Desde o seu lançamento em março, há um grande interesse em nórdico por parte do público que viaja, pessoas que querem fazer parte da equipe, aeroportos, organizações de turismo, mídia, políticos e autoridades – dos dois lados do Atlântico.

Ela comenta que os 1.600 funcionários serão contratados até o verão de 2022, permanentemente pela companhia aérea. A empresa enfatiza uma relação empregador-empregado frutífera e firmou um acordo com o maior sindicato de comissários de bordo dos Estados Unidos, a AFA. Além disso, a empresa mantém diálogo com sindicatos de outros países.

Com informações da Norse Atlantic Airway

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Boeing 737-300 ex-Transbrasil sai da pista e derrapa até parar na...

0
A aeronave, que estava realizando um voo de carga, ao pousar no aeroporto ultrapassou o limite da pista e foi parar em um gramado.